IGREJA BATISTA NACIONAL EBENEZER DO BAIRRO PETROVALE "BLOG OFICIAL"

IGREJA BATISTA NACIONAL EBENEZER DO PETROVALE. "BLOG OFICIAL"
Escola Bíblica, Domingo às 08:30hs
Cultos:
Domingo: 19:30hs
Quarta-feira: 19:30hs
Sexta-feira: 19:30hs
Sábado: Culto de Jovens às 19:30hs



domingo, 20 de março de 2011

Testemunho de Libertação.


Quando tinha a idade de 14 anos, aceitei Jesus como meu salvador, na igreja Assembléia de Deus em Salvador - Ba, situada à rua Lima e Silva 216 no bairro da Liberdade. Lá eu tive a oportunidade de entrar para a escola de música e estudei com o saudoso maestro Durval Montanhas, participei da Banda Central das Assembléias de Deus na Bahia assim também como no Coral Central da mesma igreja. Quando completei a idade de 20 anos comecei a trabalhar como motorista de caminhão e esta foi a minha única profissão registrada em carteira, passei a viajar por todo o pais. Até ai foi muito feliz para mim, estava fazendo o que sempre gostei, viajando conhecendo diversas cidades, vários vilarejos, conheci várias pessoas e no meio destes conhecimentos conheci várias mulheres, comecei a fumar, a beber, prostituir, foi aí que começou a minha decadência. Desviei dos ensinamentos do Senhor, passei a fumar desordenadamente e também a beber sem freio. Eu bebia dirigindo, andava em total velocidade com o caminhão carregado com mudança e automóvel, pois o caminhão que trabalhava era alongado e cabia tudo isso. Nas decidas longos "chamadas Banguelas", descia que nem louco muitas vezes até esquecia que o caminhão tinha freios. Em uma das empresas que trabalhei que se chamava Saeñs Penna, o padrão de cores eram amarelo e tinha um desenho de um cachorro que lembrava muito um pastor alemão, na cor azul. Este dito cachorro tinha a boca aberta, então era a desculpa para parar em um bar de beira de estrada para beber, a desculpa era olhar pelo espelho retrovisor para o tal cachorro e dizer "O cachorro está com a boca aberta, ele está com sede, vamos dar o que beber para ele" . O interessante era que eu mesmo me chamava de cachorro e não percebia, então parava bebia um monte de cerveja, conhaques e pingas e depois seguia viagem e era sempre assim. depois descobrir que comprando no alambique as pingas era mais barato e a quantidade era bem maior então passei a andar com um garrafão de cinco litros dentro da cabine, isso sem falar nas garrafas pequenas que andavam cheias e que bebia com o carro em movimento a aproximadamente 80 a 110 km/h. Fumava também e em média 3 a 4 massos de cigarros por dia isso estando tranqüilo conversando e bebendo porque quando nervoso acendia um cigarro no outro. em 1990 fiquei desempregado e comecei a trabalhar com reformas de alto-falantes por conta própria. Em 1992 nasceu a minha filha caçula e 03 meses depois do seu nascimento viemos para Minas Gerais, Ainda trabalhei um período com caminhão mas, fui convencido a parar por causa da minha filha, todas as vezes em que saia para viajar a minha esposa saia com ela para o hospital. Então no bairro que morava e moro até hoje tem uma empresa de ônibus em que ansiava em trabalhar pois rodava aqui no bairro e estaria próximo de casa a toda hora. Mas não foi tão fácil conseguir emprego nesta empresa então trabalhei como vidraceiro até sair a vaga, mas continuava a fumar e beber como louco. Finalmente saiu a vaga e comecei a trabalhar feliz da vida, mas esta felicidade não durou muito tempo, tive a 1ª crise de pressão alta, fui ao médico e ele me falou para parar de fumar e beber, nos primeiro dias realmente parei mas, em seguida comecei, "um cigarrinho depois do café não faz mal" e de um foi para dois, tres, quatro e voltei a fumar do mesmo jeito e também a beber só que não mais dirigindo como fazia no caminhão mas, todas a vezes que chegava ao final de linha tomava uma disfarçadamente isso sem falar nos conhaques com café para não dormir, até que tive uma outra crise, desta vez mais forte. O medo se apossou de mim e então orei e pedi ao Senhor que me libertasse daquele vício terrível, em que já tinha feito de tudo para deixar e não conseguia, Me  ensinaram colocar as cinzas do cigarro dentro da cerveja porque era certo para certo fumar, isto não funcionou, chicletes contra o fumo também não funcionou pois até com o chiclete na boca eu fumava do mesmo jeito, simpatias e nada funcionou, para mim o pior vício foi o fumo pois a bebida eu tinha um certo domínio, mas neste dia às 03 horas da manhã estava saindo para trabalhar, estava saindo de casa ascendi o primeiro cigarro da manhã, passei mal e a coisa foi realmente feia foi aí que orei ao Senhor e falei;"Senhor, se me livrar deste mal que estou sentindo, eu não fumarei e nem beberei mais" e Graças a Deus, o cigarro que era muito cheiroso para mim e a bebida que também tinha um cheiro agradável para mim, passou a ter um mal cheiro, ou melhor passou a ser fedido para mim. Fui para o hospital depois para a clínica da empresa que me mandou para o inss que me afastou levei aproximadamente dois meses sem receber nada de pagamento, a empresa só me pagou os quinze dias e depois fiquei esperando o auxílio doença, no total dois meses e quinze dias sem receber nem da empresa e nem do inss, fiquei pedindo aos colegas que me ajudassem uns davam R$1,00 outros R$10,00 e nisso aluguel, água e luz foram atrasando mas o Senhor me abençoou e paguei tudo e não faltou alimento para minha família, passamos apertado mas fome não. Graças a Deus não precisei mais ficar no ponto de ônibus esperando que alguem ascendesse um cigarro e ficar torcendo para que o ônibus chegasse para a pessoa jogasse o cigarro fora para que eu o pegasse no chão e assim saciar a vontade de fumar. Hoje posso dizer sou livre, o Senhor Deus Misericordioso me livrou da prisão do vício de cigarros e bebidas alcoólicas. Hoje posso cantar; "Livre estou, livre estou pela Graça de Jesus livre estou; Livre estou, livre estou, aleluia pela fé livre estou.
Voce que está lendo este testemunho, não foi atoa que vc achou este Blog, foi Deus que o encaminhou para que voce tivesse conhecimento do que Ele fez e faz pelo homem que com fé o busca, o Senhor inclina os seus ouvidos e atende a todos que o invoca com fé não duvidando o Seu nome. Amigo(a) Jesus Cristo morreu na cruz não foi em vão, Ele morreu pelo os meus pecados e os seus também, Ele salva, cura, liberta e leva para o céu, Jesus levou sobre si as nossas dores, doenças, aflições e nos dá a paz verdadeira. Hoje vivo sem vícios pois tenho Jesus em meu coração, às vezes quando me sinto cansado e afadigado o Senhor vem me conforta e me sustenta e assim vou prosseguindo de vitória em vitória. Glória a Deus!!! 
Jesus Cristo é o único que pode salvar, libertar, curar e transformar o mais vil pecador, aquele homem que todos dizem, não tem jeito, Mas Jesus diz: Tem jeito sim. A bíblia diz; Crê no Senhor Jesus Cristo e será salvo tu e a tua casa. Por isso te digo, aceite a Jesus como seu único e suficiente salvador e voce vai ver o que é mudança de vida, voce terá a paz que o mundo desconhece, a paz do mundo é transitória mas a paz de Cristo permanece para sempre. Deus te abençoe em nome de Jesus!!!


                                                                                              Willian Gonçalves.

Um comentário:

  1. Que bom ler seu testemunho. Impressionante que te achei, porque estava procurando uma foto do saudoso Durval Montanhas p botar no meu álbu, do orkut, http://www.orkut.com.br/Main#Album?uid=1092655748201711263&aid=1287778999 de pessoas que marcaram minha vida. Fiquei Feliz em te rever William. Nào sabia por onde andavas, mas, Graças a Deus que por seu testemunho, estás bem.
    Talvez não lembre de mim, sou filha da irmã Pureza, da Liberdade. Casada com Osvaldo que também foi da Banda Central. Fiquei feliz em te encontrar, Deus continue abençoando toda a sua familia.

    ResponderExcluir