IGREJA BATISTA NACIONAL EBENEZER DO BAIRRO PETROVALE "BLOG OFICIAL"

IGREJA BATISTA NACIONAL EBENEZER DO PETROVALE. "BLOG OFICIAL"
Escola Bíblica, Domingo às 08:30hs
Cultos:
Domingo: 19:30hs
Quarta-feira: 19:30hs
Sexta-feira: 19:30hs
Sábado: Culto de Jovens às 19:30hs



terça-feira, 12 de julho de 2011

O PROFETA E A PROFECIA.



Parte I - O  QUE É UM PROFETA?
Um profeta é um porta-voz de Deus cuja mensagem é de admoestação e predição.
Na bíblia os profetas  foram os patriarcas, desde Adão até Moisés. Em um sentido mais amplo e mais restrito, é em Samuel que começa o ministério profético.
Entre os profetas encontram-se Elias, Eliseu e Davi. A partir desta época começa outra ordem de profetas divididas em  duas classes:
Os grandes profetas: Isaías, Jeremias, Ezequiel e Daniel.
E a outra classe são os profetas menores: Ozeias, Joel, Amós, Obadias, Jonas, Miquéias, Naum, Habacuque, Sofonias, Ageu, Zacarias e Malaquias.
Na bíblia dos judeus eles formam um único livro chamado de: DODECAPROFETON, ou seja, os doze profetas menores.
No antigo testamento a função do profeta era expor os padrões de justiça nas esferas políticas, sociais e religiosas. Em seguida no tocante à nação e ao individuo ele tinha que advogar reformas e pedir com instância ao povo que atingisse os padrões de justiça. E por fim a sua tarefa era lançar aos corações dos homens sementes da verdade que por séculos havia de germinar, crescer e produzir o incremento do Reino de Deus.
Sementeira de justiça que emana da santidade de Deus se destinava a produzir no homem a mesma santidade divina, como exemplo dessas sementes de verdade ou profecias embrionárias, que por séculos os profetas haviam sucessivamente de desenvolver no mundo que:
1º - Há um só Deus verdadeiro e todos os outros são falsos.
2º - Para Deus a idolatria é abominação s deve ser extirpada, a fim de que o povo goze do favor e a bênção de Deus.
3º - O individuo é responsável pela sua maneira e viver.
4º - Perante Deus o individuo é de supremo valor.
5º - A nação judaica é uma teocracia e como tal o tipo do Reino de Deus e da igreja da atualidade.
6º - Para o justo e o injusto há respectivas recompensas e retribuições, símbolos do céu e do inferno.
7º - E a mais importante de todas é a doutrina da esperança Messiânica a geral todas as outras e prendem à semelhança da trepadeira ao redor do tronco de uma árvore.
Inicio;
A profecia geralmente falando, é expressão vocal inspirada pelo Espírito de Deus através da bíblia. Pode ser mediante revelação na qual o profeta proclama uma mensagem previamente recebida por meio d um sonho, uma visão ou pele palavra do Senhor. Pode ser também estática uma expressão de inspiração do momento. Há muitos exemplos bíblicos de ambas as formas. A profecia estática e inspirada pode tomar a forma de exaltação e adoração a Cristo, admoestação exortativa ou de conforto e encorajamento, inspirando os crentes.
A profecia se distingue  da pregação comum em que enquanto a última é geralmente o produto do estudo de revelação existente. A profecia é o resultado da inspiração espiritual espontânea, não se tenciona suplantar a pregação ou ensino, senão completá-los com um toque de inspiração.
A possessão do dom constitui a pessoa profeta. Veja: At 15:32. At 21:9. I Co 14:29.
O propósito do dom de profecia no novo testamento é declarado em I Co 14:3. O profeta edifica, exorta e consola os crentes.
Portanto o profeta que trazer mensagem de morte e de condenação a alguém ou dando alguns dias de vida para alguém, essa profecia não é de Deus. Porque é contra a sua palavra. Pois o propósito de Deus no Novo Testamento em que vivemos é de salvar o perdido e não de matá-lo.
A Bíblia diz que o Senhor não tem prazer na morte do ímpio, mas em que ele se converta do seu mal caminho e viva. Ez 33:11. Por tanto se uma pessoa estiver em pecado, seja ela crente ou não o dever do profeta não é trazer mensagem dizendo que a pessoa vai morrer ou que o senhor vai levá-lo, ainda mais se a pessoa for descrente, pois o senhor não tem prazer nisto. Ez 33:11.
O nosso dever para o justo "crente" é trazer mensagem de exortação. "Semelhantemente quando o justo se desvia da sua justiça e fizer maldade e eu puser diante dele um tropeço, ele morrerá, porque não o avisando tu no seu pecado ele morrerá e suas justiças que praticara não viram em memória, mas o seu sangue da tua mão requererei. Mas aviando tu o justo e ele não pecar, certamente viverá, porque foi avisado e tu livraste a tua alma. Ez 3:20, 21".
Para o descrente: A mensagem é de salvação.
"Quando eu disser ao ímpio: Certamente morrerás não avisando tu, não falando para avisar ao ímpio acerca do seu caminho mal para salvar a sua vida, aquele ímpio morrerá na sua maldade mas o seu sangue da tua mão requererei, mas se avisares ao ímpio e ele não converter da sua impiedade e do seu caminho ímpio, ele morrerá na sua maldade, mas tu livraste a tua alma. Ez 3:18, 19". Ou melhor para crente desviado a mensagem de exortação ao arrependimento. (Mt 4:17 - "Israel") a mensagem para o descrente é de salvação. (Mc 16:15. -"Gentio").

Parte II - O QUE VEMOS HOJE.
Porém o que vemos hoje é um emaranhado de profetas que trazem mensagem de morte e condenação, alguns até trazendo profecias para preparação de casais, contrariando assim a palavra de Deus "Bíblia" a verdadeira profecia "Mt 19:6.b" dizendo que Deus vai levar alguém quando este alguém nem é crente, então para onde Deus vai levá-lo pois lá no céu não entra pecado?
Meu irmão não se esqueça que toda profecia só tem três (3) objetivos:
1º - Exortação ao arrependimento.
2º - Edificação cristã e eclesiástica.
3º - Consolação. Porque no mundo que vivemos estamos em luta. "At 14:22." Leia também "I Co 14:3".
Jo 5:39." E Paulo disse a Timóteo: "Toda escritura é divinamente inspirada, é proveitosa para ensinar, para redarguir, para corrigir, para instruir em justiça, para que o homem de Deus seja perfeito e perfeitamente instruído para toda boa obra. II Tm 3:16 - 17." esta é a profecia que não há erro, "A Bíblia" por isso disse Isaías: "Quem deu crédito à nossa pregação? Is 53:1".
A outra profecia que também não podemos rejeitar é a inspiração manifestada no dom de profecia e não está no mesmo  da inspiração das escrituras e é por isso que os crentes são instruídos pela bíblia para provar ou julgar as mensagens proféticas. Vejamos: A bíblia manda julgar "e falem dois ou três profetas e os outros crentes o julguem. I Co 14:29".

Parte III - DEVEMOS JULGAR.
Porque devemos julgá-los ou prová-los?
Uma razão é a possibilidade do espírito humano confundir sua mensagem com s de Deus, pois muitos falam do seu próprio coração.
Assim diz o senhor dos exércitos: "Não deis ouvidos as palavras dos profetas que entre vós profetizam, ensinam vaidade, falam de visão do seu coração e não da boca do Senhor. Jr 23:16".
"Muito profetizam o que eles vêem. Filho do homem profetiza contra profetas de Israel, que são profetizadores e dizem aos que só profetizam que vê o seu coração, ouve a palavra do senhor. Assim diz o Senhor Jeová: Ai dos profetas loucos que seguem o seu próprio espírito e coisas que não viram. Ez 13:2 - 3".
Em I Ts 5:19 - 20. está escrito: "não extingais o Espírito, não desprezeis as profecias, examinai tudo e retendes o bem. (EXAMINAI TUDO)".
Tratava-se da operação do dom de profecias. Os crentes de Tessalônica foram longe em sua desconfiança quanto a esses dons que estavam em perigo de extinguir o Espírito, porém Paulo lhes disse que provassem cada mensagem e retivessem o bem e que se separasse daquilo que tinha a aparência do mal. "I Ts 5:22".
Nos últimos dias que a igreja está passando é necessário que nós tenhamos o dom de discernimento de espíritos.
O dom de discernimento dá capacidade ao possuidor para determinar se o profeta está ou não pelo Espírito de Deus. Esse dom capacita o possuidor para enxergar as aparências exteriores e conhecer a verdadeira natureza duma inspiração. A operação do dom de discernimento pode ser examinada por duas outras provas.
1º - A doutrina. - Se a profecia está indo contra a doutrina bíblica esta profecia não é de Deus. "Ainda que um anjo desça do céu e ensine outra doutrina esse tal será amaldiçoado. Gl 1:8 - 9".
"Por tanto amados, examinais, provai se os espíritos são de Deus. I Jo 4;1". através da bíblia "Jo 5:39".
2º - Testemunho. - S a profecia não condiz com a vida deste profeta, se a sua vida não está de acordo com a bíblia, também é chamado de falso profeta.
Ainda  que ele fale línguas estranhas.
Ainda que ore por enfermos.
Ainda que expulse demónios.
Ainda que faça maravilhas.
Disse Jesus: "Por seus frutos os conhecereis, por ventura colhe-se uva dos espinheiros ou figo dos abrolhos? Assim toda árvore má produz frutos maus. Não pode a árvore boa dar maus frutos nem a árvore má dar frutos bons. Toda árvore que não dá fruto, corta-se e lança-se no fogo.
Por tanto, por seus frutos os conhecereis, pois nem todos que me diz: Senhor, Senhor, entrará no Reino dos Céus mas aquele que faz a vontade de meu pai que está nos Céus. Muitos profetas dirão ao Senhor naquele dia: Senhor, Senhor nós profetizamos em teu nome? e em teu nome não expulsamos demónios? e em teu nome não fizemos muitas maravilhas? Então lhes direi abertamente: Nunca vos conheci; apartai-vos de mim, vós que praticai a iniquidade. Todo aquele pois, que escuta estas minha palavras e as pratica, assemelha-lo-ei ao homem prudente que edificou a sua casa sobre a roca. Mt 7:16 - 24".
Muitos crentes hoje vê uma pessoa pulando, falando em línguas e entregando mensagens, já acham que são de Deus e muitas seguem esses profetas e acabam ficando envergonhados, tristes e muitos até se desviam. Porque se esqueceram de examinar se os espíritos são de Deus. "I Jo 4:1".

Parte IV -  TRÊS PROFECIAS NA BÍBLIA.
1 - A de Deus.     2 - A da carne.    3 - A do diabo.
Vejamos:
A de Deus, tem por abjetivo:
* Exortação, Edificação e Consolação. "I Co 14:3".
A da carne, tem por objetivo:
* A glorificação da carne e interesse financeiro.
A do diabo, tem por objetivo:
* A condenação da alma do homem.

ALGUNS PROFETAS DA CARNE À LUZ DO EVANGELHO.
Eles imitam a Deus em "Ex 7:10 - 12. Então Moisés e Arão entraram a Faraó fizeram assim como o senhor ordenara e lançou Arão a sua vara diante de Faraó e se tornou em serpente.
Porém, Faraó chamou também os seus sábios e encantadores e os magos do Egito e fizeram o mesmo com os seus encantamentos, porque cada um lançou a sua vara e tornaram-se em serpentes mas, a vara de Arão tragou a vara deles".
 Podemos perceber hoje que os falsos profetas fazem o mesmo, falam em línguas estranhas, fazem maravilhas, expulsam demónios mas, não vão avante, é apenas engano.
Quando a vara de Arão tragou as varas deles, esta provando que o poder de Deus é superior a todos. Em Atos dos Apóstolos, quando os discípulos foram soltos por anjos do Senhor,  os judeus queriam matar os discípulos mas , naquele momento se levantou no meio deles um doutor da lei dos fariseus chamado Gamaliel e disse: "Varões Israelitas, acautelai-vos a respeito do haveis de fazer a esses homens, porque antes destes dias levantou-se Teudas dizendo ser alguém e ajuntou com estes cerca de  quatrocentos homens, o qual foi morto e todos os que o seguiam foram dispersos e acabou.
Depois apareceu Judas a galileu nos dias do alistamento e levou muito povo após si, mas também este pereceu e todos os que lhe deram ouvidos foram dispersos. E agora digo que solte estes estes homens, porque se este conselho ou esta obra for de homem se desfará mas, se for de Deus não pode se desfazer, pra que não seja vocês pessoas lutando contra Deus. At 5:17 - 39". Ou seja , Gamaliel com sabedoria discerniu, assim também devemos discernir.
Lá o Egito quando Moisés fazia suas maravilhas diante de Faraó, os falsos profetas do faraó não foram avante, eles imitaram a praga, a dos piolhos não conseguiram imitar. "Ex 8:16 - 19".

Parte V - OS FALSOS PROFETAS SÃO ENGANADORES.
Quando Josafá foi visitar Acabe, Acabe disse a Josafá: "Vamos comigo para a guerra e Ramóte-Gileade" e respondeu Josafá:  "Como tu és serei  eu e meu povo como teu povo, seremos contigo nesta guerra". Porém Josafá disse a Acabe:" Consulte hoje a palavra do senhor. Então Acabe ajuntou cerca de quatrocentos profetas e perguntou aos profetas: "Poderemos ir à guerra ou não?" Eles todos juntos responderam: "Podem ir porque Deus vai dar vitória contra Ramóte e Gileade".
Mas aqueles profetas  não eram profetas de Deus e sim profetas da carne, ou melhor, profetas do rei Acabe - ganhavam para profetizar a favor do rei. Existem profetas que profetizam para todos na igreja, mas nunca eles profetizam contra o pastor. Estranho não?
Existem outros que profetizam de casa em casa mas, nunca profetizam na sua igreja. Estranho, não?
Devemos aprender com Josafá, ele tinha discernimento.
E disse Josafá: "Não existe aqui nem um profeta do Senhor para consultarmos?"
Ele percebeu que nenhum daqueles homens estavam falando de Deus mas, existia lá um profeta de Deus que Acabe não gostava pois, sua vida não era certa diante de Deus e toda vez que ele era consultado, a palavra era contra Acabe, então Acabe prendeu ele para não profetizar. Não é assim que acontece hoje, quem fala a verdade, ou prega a verdade não é aceito por aqueles que estão em pecado, como com os apóstolos em atos, como foi com João Batista que falou que Herodes era um adúltero e existem membros crentes em adultério hoje. A Bíblia diz que devemos ter discernimento mas, o espiritual discerne bem tudo "I Co 2:15".
Com Acabe e Josafá o profeta verdadeiro era Micaias, ele profetizou a verdade, que Acabe ia morrer, é com se alguém dissesse que você está em pecado, se não se arrepender poderá morrer. Esta profecia era uma mensagem de exortação "I Co 14:3" e ele não creu foi para a batalha e morreu "II Cr 18:1-34".

Parte VI - OS FALSOS PROFETAS NÃO TEM MENSAGENS.
Por isso vivem inventando doutrinas para atrair o povo, dizendo que Deus falou e que Deus foi quem mostrou. Profetas estes que não lêem a bíblia, inventam doutrina  das sua próprias cabeças. Exemplos:
- Doutrina de lavar pés.
- Doutrina da prosperidade.
- Doutrina do vale do sal.
- Doutrina do túnel da bênção.
- Doutrina da rosa, cruz, aliança, anel, espada, ungidos, etc.
- De que Deus só quer o coração, não tem mensagem do céu.
Quando o filho de Davi foi morto pelos soldados de Davi, que havia se tornado seu inimigo. Havia lá entre os soldados um homem chamado Aymaás.
Então disse Aymaás, folho de Zadoque, deixa-lhe correr e anunciarei ao rei que já o Senhor o vingou na mão de seus inimigos. Porém Joabe lhes disse, tu não será hoje portador de novas, mas outro dia as levarás, mas hoje tu não dará a nova, porque é morto o filho de Davi e disse Joabe a Cusi: "Vai tu e diz ao rei o que viste e Cusi se inclinou a Joabe e correu". Prosseguiu Aymaás, filho de Zadoque e disse a Joabe: "Seja o que for deixa também correr após Cusi e disse Joabe: "Para que correrias tu meu filho, pois não tens mensagem conveniente, seja o que for disse Aymaás: "Irei". E Joabe lhe disse: "Vai, e Aymaás foi correndo pelo caminho da  planície e passou a Cusi".
E Davi estava assentado entre duas portas e a sentinela subiu ao terraço da porta junto ao muro e levantou os olhos e eis que um homem  corria só, gritou pois o sentinela e disse ao rei, se vem só há novas em sua boca. E vinha andando e chegando. Então viu a sentinela outro homem que corria e a sentinela gritou ao porteiro e disse: "Eis que lá vem um outro homem correndo só". Então disse ao rei também, este traz novas.
Disse mais a sentinela, vejo correr o primeiro  que parece ser o correr de Aymaás filho de Zadoque, então disse o rei: "Este homem é de bem com boas novas". Gritou pois Aymaás e disse ao rei: "Paz" e inclinou ao rei com rosto em terra e disse: "Bendito seja o Senhor que entregou os homens que levanta a mão contra o rei meu Senhor". Então disse  o rei: "Vai bem com o mancebo com Absalão?" E disse Aymaás: "Vi um grande alvoroço, quando Joabe mandou o servo do rei e a mim teu servo, não sei o que era".
Aymaás era considerado um homem de bem pelo próprio rei Davi "I Sm 13:27". Era u valoroso soldado (crente) e ninguém era veloz quanto ele. O seu correr era característico "II Sm 13:27". Sua família era das mais nobres, pois era filho do sacerdote Zadoque. Filho de obreiro. Sem dúvida era um homem de muito valor mas, cometeu um erro que o marcou para sempre. Ele precipitou em entregar uma mensagem que era pra outro entregar. Como se não bastasse entregou a mensagem pela metade e ainda mentiu ao rei, dizendo que não viu nada. "II Sm 18:20 - 29".
Ele não tinha mensagem alguma. Existem muitos Aymaás hoje que insistem em ser profeta, mas não tem mensagem, insistem em ser obreiros bem nos púpitos, mas não te,m mensagem alguma. Muitas até brigam para ter oportunidades e outros até igrejas dizendo que Deus mandou.
Veja o que Paulo disse a Timóteo: "Procura apresentar-te a Deus como obreiro que não tem de que se envergonhar, que maneja bem a palavra da verdade "II Tm 2:15". Para sermos obreiros e profetas devemos ter mensagem, para isso tem que ter chamada, pois mensagem que dá é Deus. Aymaás chegou à frente e não tinha mensagem.
Existem muitos hoje que chega na frente do ministério através de ajuda. Observe que Aymaás era filho de obreiro Zadoque seu pai, que era sacerdote. crentes chegam hoje, por serem filhos de pastor, de presbítero etc...
Aymaás correu mais, ou seja, tinha mais capacidade de chegar na frente, é aquele que tem estudo, foi sem ter chamada.
A chamada vem antes do estudo, como Moisés, foi chamado antes de fazer teologia, no deserto por quarenta (40) anos. Jeremias foi chamado ainda jovem, depois aprendeu com Deus "Jr 1:1 - 12". e muitos outros. Como Jesus chamou os apóstolos e fizeram teologia com Cristo por três (3) anos e meio e depois foram entregar a mensagem, mas é necessário ter a chamada para depois fazer teologia, por isso temos hoje muitos teólogos que estão ensinando novas doutrinas, abrindo novas igrejas, sem ao menos ter chamada, são ´profetas sem chamada e sem mensagem de Deus.

PARTE VIII - O MESMO PROFETA QUE FALA A VERDADE TAMBÉM PODE MENTIR OU       
                        ENTREGAR MENSAGEM DELE MESMO.
Vejamos: "I Rs 13: 1 - 10".
Um profeta foi enviado para profetizar contra o altar, no tempo de Jeroboão. Porém, o Senhor tinha dito que ele não comesse pão e nem bebesse água e que não e que não voltasse pelo mesmo caminho e foi por outro caminho,
Porém naquele lugar em Betel morava um profeta velho que tinha um filho e o seu filho contou tudo que tinha acontecido no templo. Então aquele velho foi atrás do profeta que tinha profetizado e que estava voltando e encontrou-o debaixo de uma árvore e lhe disse: "És tu o homem de Deus que veio de Judá?" E ele lhe respondeu: "Sim, sou eu". E o profeta velho disse: "Vem comigo para minha casa". Então lhe respondeu: "Eu não posso ir contigo, pois o Senhor me disse para não voltar pelo mesmo caminho e não comer e nem beber". Então disse o profeta velho: "Eu também sou profeta como tu, olha um anjo me disse para você voltar para minha casa para comer pão e beber água". Então aquele profeta o seguiu e chegou em sua casa, comeu pão e bebeu água, mas era uma mentira do profeta velho, pois Deus não tinha falado nada disso. Deus cumpre o que fala e não volta atrás. "Is 55:11. - Jr 1:12". Era uma mentira.
Mais tarde o mesmo profeta que mentiu profetizou a verdade dizendo: "Assim diz o Senhor; Porquanto foste rebelde a boca do senhor e não guardas-te o mandamento que o Senhor teu Deus te mandou. Mas voltou e comeu pão e bebeu água, então você vai morrer". Agora é verdade.
Quando foi embora um leão o matou no caminho. "I Rs 13:9 - 25".
A mesma pessoa que Deus usa  e não vigiar pode entregar uma mensagem errada por emoção e pode prejudicar alguém ou até uma igreja inteira, ou levar alguém à morte como o profeta velho.

PARTE VIII - A PROFECIA DO DIABO.
No Éden ele disse a Eva: "E sereis como Deus sabendo o bem e o mal". Foi uma profecia para matar Adão e Eva, Eles ficaram sabendo, mas comeram "Gn 3:5 - 6". As vezes se o crente não vigiar ele usa o crente para profetizar. Usando Pedro ele entregou uma mensagem de repreensão a Jesus. Então Pedro o levou para um lado  e começou a repreendê-lo dizendo que Deus não permitia! Isso não pode acontecer com o Senhor, de jeito nenhum. Jesus olhou para ele com discernimento e disse: "Saia da minha frente Satanás, você é uma pedra de tropeço no meu caminho" "Mt 16:21 - 23".
Satanás estava querendo impedir Jesus de impedir a obra de Deus. Hoje não é assim? Portanto, se o crente não vigiar o diabo pode colocar palavras em sua boca. "Vigiai, porque porque o diabo vosso adversário anda em derredor "I Pe 5:8".
Quando morava em São Paulo, cooperava com a Igreja Assembleia de Deus e algumas vezes fiquei sabendo destes profetas. Uma certa vez, a minha esposa presenciou no círculo de oração um profeta que estava visitando a igreja naquele dia. Havia naquela igreja uma irmã que era fiel a Deus, porém passava muita luta material, pois seu marido não era crente, bebia e viva em prostituição com se não bastasse, deixava a esposa e os filhos viver em uma grande dificuldade.
Aquele profeta então começou a profetizar e a dizer a ela que aquele natal seria um natal de vacas gordas para ela e que iria ter bastante fartura que ela nunca viu. Ela ficou muito feliz, saiu e testemunhou para muitos que Deus havia falado com ele. Porém quando o natal chegou, essa irmã não passou fome porque a assistência social da igreja a socorreu.
Uma outra vez na igreja, em oração um desse profetas olhou para uma irmã, encarou ela de cima  em baixo e começou a profetizar. Chegou perto de uma e disse: "Olha o Senhor me revelou que a irmã é a minha escolhida";, Ela então respondeu a ele: "Irmão só se eu ficar viúva, pois sou casada".
Irmãos, o que nós temos que entender hoje é que não somos meninos, Paulo disse: "Quando eu era menino, fazia coisa de menino, mas agora devemos fazer coisa de adultos" "I Co 13:11". Devemos ter discernimento e transmitir isso para os irmãos, afinal de contas, temos a mente de Cristo e que mente é essa que não consegui uma profecia falsa da verdadeira? "I Co 2:16".
O grande mal dos crentes é desprezar a Bíblia, por isso que Jesus disse: "Errais por não conhecer as escrituras e nem o poder de Deus Mt 22:29".
O profeta Oséias disse: "O meu povo foi destruído porque lhe faltou conhecimento. Os 4:6 parte A". Pois uma coisa é certa, quem conhece a Bíblia conhece o profeta e a profecia e não vive enganado pelo diabo. Portanto, devemos entender isso: "Não desprezeis as profecias I Ts 5:20 - 21".
Examineis tudo e retendes o bem, mas provai se os espíritos são de Deus "L Jo 4:1".

PARTE IX - O DESTINO DO FALSO PROFETA.
"O profeta que presumir soberbamente de falar alguma palavra em seu nome que eu não mandei, o tal profeta deve  morrer. Dt 18:20".
Deus é contra o profeta falso. "Ez 13:8 - 9". Traz sobre si destruição. II Pe 2:1". Serão rejeitados por Jesus. "Mt 7:15 - 23, Lc 6:46, Lc 13:25".
E muitos seguirão nas suas dissoluções pelos quais será blasfemado o caminho da verdade e por avareza farão de vós negócios com palavras fingidas sobre os quais já de largo tempo não será tardia  a sentença e a sua perdição não dormita, porque se Deus não perdoou os anjos que pecaram, mas havendo-os lançados no inferno, os entregou as cadeias da escuridão, ficando reservado para o juízo e não perdoou o mundo antigo, mas guardou a Noé e condenou a Sodoma e Gomorra, livrando-o também serão punidos. "II Pe 2: 1 - 22".
Obs: É necessário ler todo o capitulo dois (2) de II Pe


André J. Costa  agradece ao Senhor Jesus Cristo que concedeu esta graça. por tanto, Toda Honra, glória seja para Deus Pai, Filho e Espírito Santo, Amém!

Nenhum comentário:

Postar um comentário